PERGUNTAS FREQUENTES DE CIDADÃOS ESTRANGEIROS SOBRE VISTOS E VIAGENS PARA OS EUA DEVIDO À PANDEMIA DE CORONAVÍRUS (COVID-19)

Entendemos a sua preocupação com os vistos e viagens no contexto do impacto contínuo da pandemia do coronavírus (COVID-19). Esperamos que esta informação ajude a responder às suas perguntas.  Quaisquer atualizações das Proclamações Presidenciais, restrições de viagem e serviços de visto serão publicados nesta página.

[Última atualização em 12 de junho de 2021]

A Embaixada dos EUA na Praia retomou todos os serviços consulares de rotina. No entanto, devido à suspensão prolongada de serviços e restrições de capacidade atuais, todos os serviços estão sujeitos a tempos de espera mais longos do que o comum.  A saúde e a segurança do nosso pessoal, dos cidadãos norte-americanos que procuram assistência no exterior, dos indivíduos que procuram serviços de imigração, e das populações locais são fundamentais.  De acordo com a orientação global do Departamento de Estado dos EUA, estamos a priorizar os serviços aos cidadãos americanos e os pedidos de visto de imigrante, ao mesmo tempo que começamos a fornecer alguns serviços de visto de não imigrante.  Além disso, de acordo com a orientação do governo dos EUA sobre segurança no local de trabalho federal, a Embaixada dos EUA na Praia implementou distanciamento social e outras medidas de segurança, o que reduziu o número de applicantes que podemos processar a cada dia.

Cidadãos Americanos

A prestação de serviços aos cidadãos americanos no exterior é a primeira prioridade das seções consulares. Para solicitar uma entrevista para a renovação de um passaporte, ou solicite um Registo Consular de Nascimento no Exterior (CRBA), ou para autenticar um documento, use o sistema de agendamento online da Embaixada.  Você pode ver os requisitos e taxas para passaportesCRBAs, e serviços notariais no nosso site.  Se você é um cidadão americano em Cabo Verde e precisa dum passaporte de emergência ou outra assistência da embaixada, envie um e-mail para PraiaConsular@state.gov .

Vistos de Não-Imigrante

As entrevistas para todas as categorias dos vistos de não-imigrante podem ser agendadas no site de agendamento da Embaixada.  Se precisar viajar antes do primeiro horário disponível, você pode solicitar um agendamento rápido através do site de agendamento. Se a sua solicitação de urgência for recusada, a taxa MRV permanece válida e pode ser usada para reagendar uma entrevista de visto de não imigrante até 30 de setembro de 2022.

Vistos de Imigrante

Os requerentes dos vistos de imigrante que estavam em curso quando os serviços de rotina foram suspensos em março de 2020 estão a ser contatados individualmente com instruções sobre os próximos passos para resolver os seus processos.  Para os novos casos, de acordo com as instruções de priorização do Departamento de Estado, a Embaixada dos EUA na Praia está a maximizar os nossos recursos limitados para acomodar o máximo possível de entrevistas de parentes e noivos imediatos.  Além disso, todos aqueles cujas entrevistas para visto de imigrante foram canceladas em março e abril de 2020 serão agendadas para o final de 2021.  A Embaixada dos Estados Unidos entrará em contato diretamente com os aploicantes qualificados a respeito do seu agendamento e requisitos de processamento.  A longa suspensão dos serviços e a necessidade de manter distância física entre nossa a equipa e os aplicantes levou a uma grande redução da capacidade de agendamentos, o que criou um acúmulo significativo de aplicantes a vistos de imigrantes que aguardam uma entrevista.  Este é um problema global, por isso agradecemos a sua paciência e compreensão enquanto trabalhamos para reduzir esse acúmulo.

Residentes Permanentes Legais (LPRs) 

Os Residentes Permanentes Legais (LPRs) cujo cartão LPR (“cartão de residencia”) for perdido ou roubado podem solicitar um cartão de embarque. Saiba mais sobre as opções dos residentes permanentes com um green card expirado ou perdido aqui.  Os LPRs que permaneceram fora dos Estados Unidos por mais de um ano também podem solicitar um visto SB-1 (de residente de retorno). Os requisitos e taxas para um visto SB-1 podem ser encontrados aqui.  Para marcar um agendamento para qualquer um dos serviços, por favor, envie um e-mail para PraiaConsular@state.gov .

Os estrangeiros com um visto de turista B-1 / B-2 válido (ou ESTA) podem entrar nos Estados Unidos via viagem direta entre Cabo Verde e os Estados Unidos ou via Norte da África (Senegal ou Marrocos) sem qualquer autorização especial da Embaixada dos Estados Unidos.

Contudo, as Proclamações Presidenciais 9993 e 10143 permanecem em vigor e proíbem a entrada nos Estados Unidos de viajantes B-1 / B-2 da Europa, incluindo Portugal. Inclui transitar por Lisboa ou Ponta Delgada sem sair do aeroporto. Cidadãos dos EUA e residentes permanentes legais estão isentos das proclamações, assim como os cônjuges e filhos menores (menores de 16 anos) de cidadãos dos EUA e residentes permanentes legais.

Se você tiver um visto válido, gostaria de viajar via Europa, e acredita que pode se qualificar para uma Exceção de Interesse Nacional devido a uma necessidade urgente e humanitária, envie um e-mail para PraiaConsular@state.gov com o assunto “Consideração de Interesse Nacional” com as informações abaixo:

– Página biografica do seu passaporte
– Cópia do visto válido
– Cópia da documentação de apoio ao propósito humanitário ou comercial urgente da sua viagem
– Prova de viagem planeada em 30 dias

Se você não tiver um visto válido e quiser solicitar um visto de não imigrante de emergência, siga as instruções para solicitar um visto de não imigrante aqui: https://cv.usembassy.gov/pt/visas-pt/nonimmigrant-visas-pt/.  Depois de agendar a sua entrevista, você pode solicitar uma agendamento urgente através do site de agendamento. Se a sua solicitação de urgência for negada, você tem até 30 de setembro de 2022 para reagendar a sua entrevista de NIV.

Apenas a Embaixada dos Estados Unidos pode conceder uma Exceção de Interesse Nacional, as companhias aéreas e os agentes de viagens não estão autorizados a fazê-lo. Essas exceções serão concedidas apenas muito raramente, caso a caso, determinado por circunstâncias específicas demonstradas. Você não deve fazer nenhuma reserva de viagem em trânsito pela Europa até ter recebido a confirmação da sua exceção da Embaixada dos Estados Unidos.  Você também receberá uma carta do Cônsul e / ou uma anotação no seu visto informando que foi concedida uma Exceção de Interesse Nacional, que você deverá apresentar à sua companhia aérea e ao entrar nos Estados Unidos.

Sim. A partir de 8 de abril de 2021, o Secretário de Estado dos EUA determinou que viajar com visto de imigrante ou noivo (e) é do interesse nacional para fins de concessão de exceções nas Proclamações Presidenciais.  Em outras palavras, se você possui um visto válido de imigrante ou noivo(a), agora você pode transitar em qualquer um dos condados listados (incluindo Portugal) antes de entrar nos Estados Unidos.  As companhias aéreas e as autoridades locais de imigração foram notificadas dessa mudança e nenhuma carta de autorização de viagem adicional da Embaixada é necessária.  Conforme explicado acima, as Proclamações Presidenciais 9993 e 10143 continuam impedindo a entrada nos Estados Unidos de portadores de visto de não-imigrante em trânsito em países listados, a menos que tenham recebido uma exceção de interesse nacional e possuam uma carta de autorização de viagem da Embaixada dos EUA.

 As Proclamações Presidenciais não incluem uma exceção com base em resultados negativos do teste COVID-19. Reveja cada Proclamação na íntegra para obter os detalhes de possíveis isenções. Aqueles com permissão para entrar sob as várias restrições de viagem – incluindo estrangeiros com vistos válidos que estão isentos das restrições, cidadãos dos EUA e residentes permanentes legais dos EUA – são obrigados a apresentar resultados negativos do teste COVID-19 para entrar nos Estados Unidos como descrito abaixo.

A 25 de janeiro de 2021, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA emitiram uma ordem exigindo um resultado negativo do teste COVID-19 antes da partida ou documentação de recuperação para todos os passageiros com dois anos ou mais que chegam aos Estados Unidos vindos de qualquer país estrangeiro, com isenções limitadas. O novo requisito do CDC exige um teste viral negativo (NAAT ou antígeno) nos três dias antes da partida do voo do viajante para os Estados Unidos, ou três dias antes da partida do voo inicial, se o passageiro estiver a chegar em um ou mais voos de conexão. Os passageiros devem apresentar documentação escrita ou eletrónica dos seus resultados de teste negativos para a companhia aérea ou fornecer documentação de recuperação do COVID-19. A documentação de recuperação é um resultado de teste viral positivo que confirma a infecção anterior de COVID-19 e uma carta de um profissional de saúde licenciado ou oficial de saúde pública declarando que o passageiro foi liberado para viajar. O teste pode ser realizado em um local ao longo do itinerário do voo, nos casos em que houver escala ao longo do itinerário. As companhias aéreas também devem solicitar atestados dos passageiros com os resultados dos testes ou documentação de recuperação antes do embarque dos passageiros. O atestado e informações adicionais sobre o novo requisito de teste podem ser encontrados no site do CDC aqui: https://www.cdc.gov/quarantine/fr-proof-negative-test.html

Isenção ao requisito de teste pode ser concedido pelo CDC de forma extremamente limitada quando uma viagem de emergência extraordinária (como uma evacuação médica de emergência) deve ocorrer para preservar a saúde e segurança de alguém, e o teste não pode ser concluído antes da viagem. Não há isenções disponíveis para indivíduos com teste positivo para COVID-19. Indivíduos – ou transportadoras aéreas que desejam permitir o embarque de indivíduos potencialmente qualificados – que acreditam atender aos critérios de isenção devem entrar em contato com a Embaixada dos EUA na Praia em PraiaConsular@state.gov e fornecer as informações abaixo. A Embaixada dos EUA na Praia irá então submeter o pedido ao CDC para consideração.

As seguintes informações devem ser fornecidas para cada passageiro:

  1. Nome (apelido / sobrenome, nome), número do passaporte e país

  2. Número de telefone móvel, incluindo código do país do passageiro ou chefe da família, se unidade familiar

  3. Endereço de e-mail do passageiro ou chefe da família em caso de unidade familiar

  4. Endereço de destino nos EUA

    – O destino nos EUA é o endereço residencial?

  1. Data de partida

  2. Itinerário de vôo

  3. Nome da entidade solicitante, se diferente do passageiro

  4. Nome da empresa solicitante em nome do (s) passageiro (s) (se aplicável)

  5. Nome do ponto de contato enviado em nome do (s) passageiro (s) (se aplicável)

  6. Telefone e endereço de e-mail para pedido de isenção de envio de POC em nome do (s) passageiro (s) (se aplicável)

  7. Objetivo da viagem para os EUA (fornecer uma breve explicação do motivo da necessidade de uma viagem urgente e como a viagem contribuirá para a saúde e segurança dos passageiros)

  8. Justificativa para isenção de teste (por exemplo, nenhum teste disponível, impacto na saúde e segurança)

  9. Documentação para apoiar a justificativa para dispensa de teste, se disponível (por exemplo, registos médicos ou ordens de evacuação médica)

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA recomendam as seguintes medidas para todas as chegadas internacionais aos Estados Unidos:

  • Faça o teste 3-5 dias após a viagem e fique em casa em quarentena por 7 dias após a viagem.

  • Mesmo se seu teste for negativo, fique em casa e fique de quarentena por 7 dias completos.

  • Se o seu teste for positivo, isole-se para evitar que outras pessoas sejam infectadas.

  • Se você não fizer o teste, é mais seguro ficar em casa e ficar em quarentena por 10 dias após a viagem.

  • Evite ficar perto de pessoas com alto risco de doenças graves por 14 dias, independentemente de fazer o teste ou não.

Sempre siga as recomendações ou requisitos estaduais e locais relacionados a viagens.

Sim, a Embaixada dos Estados Unidos na Praia retomará todos os Serviços ao Cidadão Americano, incluindo o processamento de todos os passaportes, Registos Consulares de Nascimento no Exterior (CRBAs) e serviços notariais. Para solicitar um agendamento, por favor, use o sistema de agendamento online da Embaixada. Para garantir o distanciamento social adequado para funcionários e clientes, a Embaixada está a operar com um número reduzido de funcionários no local, portanto, pode haver uma espera mais longa do que o normal por uma entrevista. Se os documentos corretos e completos forem apresentados na entrevista, levará aproximadamente 4-6 semanas a partir da data da entrevista para receber um passaporte dos EUA. Você pode consultar os requisitos e as taxas para passaportes, CRBAs, e serviços notariais no nosso site..

Se você deseja fazer uma marcação  para buscar o seu passaporte cabo-verdiano, envie um e-mail para PraiaConsular@state.gov com o seu nome e apelido conforme o seu passaporte e a sua data de nascimento. Informamos que o seu passaporte devolvido não incluirá um visto válido para os EUA, uma vez que todos os passaportes com vistos impressos foram devolvidos antes da suspensão dos serviços de rotina em março de 2020.

A Exmbaixada dos Estados Unidos na Praia está comprometida em processar todos os vistos de estudante a tempo para que os estudantes comecem os seus estudos nos Estados Unidos.  Por favor, encontre instruções para solicitar um visto de estudante não imigrante no nosso site e abaixo.

Como agendar uma entrevista:

  • Complete o DS-160 on-line (https://ceac.state.gov/genniv/).
  • Envie o formulário por via electrónica.
  • Imprima a página de confirmação com o código de barras.
  • Crie um perfil no website (https://ais.usvisa-info.com/pt-cv/niv) e imprima as instruções de pagamento (BCA).
  • Pague a taxa no BCA.
  • Aguarde 48 horas para que os dados fiquem activos. Tenha em atenção que, se você pagar numa sexta-feira, um feriado ou num fim de semana, você deverá esperar 72 horas para que os dados fiquem activos.
  • Volte ao site (https://ais.usvisa-info.com/pt-cv/niv) para agendar a entrevista.
  • Introduza o número de identificação do recibo da taxa MRV.
  • Selecione uma data que seja conveniente para si.

Depois de agendar a sua consulta, você pode solicitar uma agendamento mais cedo através do site de agendamento.

Conforme explicado no momento do pagamento da taxa, as taxas do visto não são reembolsáveis e intransferíveis. O Departamento de Estado dos Estados Unidos entende que muitos solicitantes de visto pagaram a taxa para solicitação de visto (MRV) e ainda estão aguardando para conseguirem agendar sua entrevista. Nós estamos trabalhando diligentemente para restabelecer as operações de visto da maneira mais rápida e segura possível. Enquanto isso, informamos que a Missão Diplomática dos Estados Unidos estenderá a validade da sua taxa de visto (também conhecida como taxa MRV) até o dia 30 de Setembro, 2022, a fim de garantir a todos os solicitantes que foram impossibilitados de agendar e/ou atender seu agendamento como um resultado da suspensão da rotina dos serviços consulares para que tenham a oportunidade para agendar e/ou atender seu agendamento para obtenção de visto com sua taxa já paga. Por favor, continue acompanhando neste site por informações sobre quando retornaremos a nossa rotina de operações de visto.

Se você estiver a solicitar um visto de imigrante e o caso estiver a ser processado pelo National Visa Center (NVC), clique aqui e visite a sua conta do CEAC (se aplicável) para obter informações. Por favor, contate o NVC diretamente usando o formulário de contato online se você ainda tiver dúvidas.  A Embaixada não pode responder a nenhuma pergunta sobre os casos do NVC, incluindo quaisquer perguntas sobre opções de prioridade ou sobre marcação de entrevista.  Devido à longa suspensão dos serviços de visto de rotina, atualmente há um atraso para entrevistas na Embaixada dos EUA na Praia e globalmente, com mais de meio milhão de aplicantes com petições aprovadas e completas aguardando entrevistas em todo o mundo (https://travel.state.gov/content/travel/en/us-visas/visa-information-resources/visas-backlog.html).  Agradecemos a sua paciência e compreensão enquanto damos pequenos passos para reduzir esse acúmulo com segurança.


Conforme explicado acima, a restrição de viagens (PP 9996) não se aplica a residentes permanentes legais (LPRs). Você deve retornar aos Estados Unidos dentro de um ano da sua partida inicial para manter o seu estatuto de residente permanente legal.

Se você não possui o seu Cartão de Residente Permanente (Green Card) e deseja viajar para os Estados Unidos, você pode solicitar um documento de embarque para viagem a fim de facilitar o embarque pela companhia aérea para transportá-lo de volta aos Estados Unidos. Por favor consulte o nosso site para obter informações sobre como se inscrever para um documento de embarque para viagem.

Como você deve saber, se um residente permanente legal (LPR) permanecer fora dos Estados Unidos por mais de 12 meses (ou além do período de validade de uma permissão de reentrada obtida antes da partida dos Estados Unidos), eles perderão o seu direito ao estatuto de LPR e precisarão solicitar um visto SB-1. Informações sobre viagens e manutenção do estatuto de residente permanente legal são fornecidas no site do USCIS.

Se você estiver nos Estados Unidos, visite o site dos Serviços de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS) para solicitar uma prorrogação de estadia preenchendo um Formulário I-539 aqui. Enquanto você estiver nos Estados Unidos, qualquer dúvida sobre seu estado é um assunto do USCIS. Informações e detalhes de contato podem ser encontrados no site do USCIS.

Se esta página não respondeu à sua pergunta, você pode enviar-nos um email para PraiaConsular@state.gov.

Se você tiver dúvidas gerais sobre o coronavírus (COVID-19), consulte o nosso site para obter uma lista de recursos úteis.

Se você tiver alguma dúvida sobre voos, entre em contato com a sua companhia aérea.